Grupo Guardiões Ambientais da Serra das Almas e populares combatem incêndio na zona rural de Livramento

Um incêndio que atingiu uma roça de manga e maracujá na região do Lourenço, zona rural de Livramento de Nossa Senhora nesta quarta-feira (09), foi contido por moradores com a ajuda do grupo Guardiões Ambientais da Serra das Almas. Segundo um dos líderes do grupo, Carlos Bananinha, o trabalho do grupo foi de realizar o rescaldo.

Ao Portal Notícias, programa Jornalístico da Rádio Portal, Carlinhos informou que as chamas começaram após um cidadão tentar realizar uma queima de coivara. Ele perdeu o controle e as labaredas acabaram atingindo lavoura de maracujá, palma, pasto, mata nativa, manga e até animais.

“Ano passado vivemos uma das maiores tragédias em relação a queimadas. Venho aqui para falar da portaria do Governo do Estado junto com o Inema, número 21.284 de 20 de agosto de 2020 que suspende as declarações de queimas controladas em toda região sudoeste inclusive na Chapada Diamantina e isso inclui Livramento. Essa lei determina que qualquer tipo de queimada agora é crime. Isso significa que qualquer tipo de queimada agora é crime. Você não pode queimar um lixo, uma queima doméstica, uma queima rural, tudo isso agora é crime”, disse Bananinha.

O líder fez questão de frisar que é importante que a população saiba disso, haja visto que ano passado, a serra das almas e outras regiões próximas sofreram muito com queimadas, inclusive com perdas de nascente, da fauna e da flora.

“Esse ano se acontecer vamos ter dificuldades até no deslocamento de aeronaves devido a pandemia. Então gente, vamos evitar fazer aceiros, queimar lixo, soltar fogos, porque o risco é iminente e o mato está muito seco. Ontem, felizmente o pessoal da comunidade combateu o incêndio e a gente combateu alguns focos para que não se alastrasse, mas o estrago foi feio”, completa.

Carlos ainda pede que as pessoas ao verem alguém praticando esse tipo de atividade que denuncie através de Secretaria de Meio Ambiente pelo 3444-5031 e WhatsApp do Gaza (Guardiões da Serra das Almas) pelo 9 9997-1304. Foi dito ainda por Carlos que brevemente estará iniciado as patrulhas ambientais no município, em parceria com a CIPPA, com o INEMA e com a CIPE Sudoeste.

“As pessoas que praticam esse tipo de crime como caça ambiental ilegal, extração ilegal de minério e madeira, queimadas, serão punidas. A partir do mês que vem a gente vai começar com o patrulhamento ambiental. Não realizem esses tipos de queimadas porque é extremamente perigoso nessa época do ano”, finalizou. Fonte//Radioportalsudoeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *