INTELIGÊNCIA EMOCIONAL PARA SUPERAR TEMPOS DE CRISE

Segundo o pai da Inteligência Emocional (IE) Daniel Guleman, a IE é “a capacidade de reconhecer os nossos sentimentos e os dos outros, de nos motivar a gerir bem as emoções dentro de nós e em nossos relacionamentos”.

Assim sendo, se você é uma pessoa que se ofende, se irrita, se entristece ou se deprime com as atitudes alheias (dos outros), você provavelmente não se conhece o suficiente para atuar com IE. E mais, se as suas emoções são geradas a partir da atitude do outro, tenho que te informar que você NÃO está sendo o capitão do barco da sua vida, está simplesmente dando autoridade ao outro para ditar o seu estado emocional.

Sou inteligente emocionalmente falando, quando: tenho clareza dos meus papeis, sei quem eu sou, possuo uma missão de vida e sou guiado por valores.

Por isso o autoconhecimento é tão importante nos dias de hoje. Para identificar suas emoções e assim saber o porquê sinto o que sinto e quando é que essas ou aquelas emoções ocorrem. E mais, saber otipo de gatilho emocional que é disparado na situação. Isso faz parte do processo de conhecer a si mesmo.

Você já observou, que para cada tipo de situação nós temos os mesmos sentimentos e comportamentos? Pois é, isso significa que para cada situação que te gera dor, desconforto ou qualquer tipo de sentimento nocivo, muito provavelmente existam crenças limitantes por traz desses sentimentos, crenças que te fazem escolher, ainda que de maneira inconsciente, o mesmo comportamento. E mesmo que depois você se arrependa de cometê-lo, você continuará a repetir o mesmo comportamento.

Enquanto você não tiver ciência e clareza de seus sentimentos e pensamentos você não terá coragem para muda-los.

Porque as crises afetam tanto o emocional das pessoas?

Porque ligamos o piloto automático do pessimismo para toda e qualquer situação externa. Se alguém diz que o mundo vai acabar, que todo mundo vai morrer, simplesmente acreditamos, sem questionar, investigar ou sem observar as evidências.

Decida se abastecer de pensamentos e atitudes positivas diante da vida e veja os resultados! Pare de dar ouvidos aos proclamadores de tragédias e dê ouvido a sua voz interior, investigue a si mesmo e conduza os seus pensamentos para a positividade.

Dentro da inteligência emocional existem diversas técnicas para identificar suas emoções, seguem duas delas:

1ª Meditação plena – que nada mais é do que você escolher um lugar privado e silencioso, onde ninguém possa te incomodar por alguns minutos. Sente-se com a coluna ereta, pernas entrelaçadas, braços e corpo relaxados. Depois segue com o processo de inspirar e expirar calmamente e livremente. Enquanto você pratica a respiração perceba como o ar entra e sai do seu corpo. Você observará os sentimentos e pensamentos que passam por você naquele momento. A regra de ouro é não julgar ou criticar o que você está sentindo, seja somente um observador de si mesmo. Deixe os pensamentos vir e ir com a mesma liberdade. Se quiser, pode deixar um fundo instrumental tranquilo para acompanhar.

Depois que concluir, faça uma reflexão para identificar o que pode está gerando os pensamentos e sentimentos que você observou ao longo da meditação.

2º Se observar ao longo do dia e anotar todos os pensamentos e sentimentos nocivos identificados. Isso por 3 dias consecutivos. Depois, com tranquilidade leia a lista para si e reflita o que tem gerado esses sentimentos? Quando eles vêm, eu tenho me feito de vítima ou de vencedor? Em seguida escreva 3 atitudes que você decide realizar para eliminar esse tipo de sentimento ou pensamento.

Te desejo uma ótima viagem interna, rumo ao autoconhecimento e lembro que você é quem faz a sua própria realidade.

Idajara Queiroz

Profissional de Desenvolvimento Humano

Coach Pessoal e Profissional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *