Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes foi hostilizado nesta sexta-feira, 14, por um grupo de brasileiros no aeroporto internacional de Roma, na Itália. Uma mulher xingou o ministro de “bandido, comunista e comprado”. Na sequência, um homem identificado reforçou os xingamentos e, segundo a Polícia Federal, chegou a agredir fisicamente o filho do ministro.

Um outro homem se juntou aos dois agressores disparando palavras de baixo calão. Moraes estava acompanhado de seus familiares no aeroporto. O ministro retornava da Universidade de Siena, onde realizou uma palestra no Fórum Internacional de Direito. As informações foram confirmadas por interlocutores da PF e do Ministério da Justiça. Os três brasileiros se tornaram alvos de um inquérito da Polícia Federal, mas não chegaram a ser presos. O ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB), ligou para Moraes e se solidarizou após a violência sofrida pelo magistrado.

Fonte: Jovem Pan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Crianças e bebê são encontrados com vida após 16 dias perdidos na Amazônia colombiana

Foto: Fuerzas Militares de Colombia Quatro crianças, incluindo um bebê de 11…

Dois motoristas morrem após batida frontal entre carretas em rodovia no oeste da BA

Foto: Divulgação PRF Dois motoristas morreram carbonizados após as carretas que eles…

Os impactos da fé e das orações durante o tratamento de doenças como o câncer

Foto: Divulgação Segundo uma  pesquisa realizada pela National Library Of Medicine (NIH),…

Modelo é expulsa de supermercado em BH por roupa curta: ‘Gostosofobia’

Foto: kerolay_chaves / reprodução Uma modelo que produz conteúdos para a plataforma…