--:--
--:--
  • cover
    Alberto Lopes

--:--
--:--
  • cover
    Alberto Lopes

Crianças e bebê são encontrados com vida após 16 dias perdidos na Amazônia colombiana

Crianças e bebê são encontrados com vida após 16 dias perdidos na Amazônia colombiana

Foto: Fuerzas Militares de Colombia

Quatro crianças, incluindo um bebê de 11 meses, que estavam perdidas sozinhas na floresta amazônica da Colômbia há 16 dias foram encontradas vivas nesta quarta-feira (17). O grupo estava em um avião que caiu no dia 1° de maio, matando a mãe das crianças e outros dois adultos.

“Depois de árduos esforços de busca de nossas forças armadas, encontramos com vida as quatro crianças desaparecidas na queda do avião”, disse Gustavo Petro, presidente colombiano, no Twitter. “Uma alegria para o país.”

Além do bebê, as crianças têm 13, 9 e 4 anos e vivem em uma comunidade indígena. O estado de saúde delas não foi divulgado.

No início do mês, a aeronave decolou de uma área de floresta conhecido como Araracuara rumo a San José del Guaviare, uma das principais cidades da Amazônia colombiana, a cerca de 390 km por terra de Bogotá, quando desapareceu dos radares.

As condições hostis do local dificultaram as buscas. Do ponto mais próximo, os socorristas demoraram nove horas de navegação por rio para chegar à região do acidente e depois encontraram “árvores de 30 a 40 metros” e áreas lamacentas, onde há “raízes imensas”.

Na terça feira (16), soldados e indígenas de comunidades próximas ao local da queda encontraram pertences e uma fruta mordida, o que os deu esperança de que as crianças ainda estivessem vivas.

As condições hostis do local dificultaram as buscas. Do ponto mais próximo, os socorristas demoraram nove horas de navegação por rio para chegar à região do acidente e depois encontraram “árvores de 30 a 40 metros” e áreas lamacentas, onde há “raízes imensas”.

Segundo a Defesa Civil, o piloto reportou problemas no motor da aeronave antes do acidente.

Compartilhe: