--:--
--:--
  • cover
    Alberto Lopes

--:--
--:--
  • cover
    Alberto Lopes

Inflação é negativa pela primeira vez em nove meses, aponta IBGE

Inflação é negativa pela primeira vez em nove meses, aponta IBGE

Foto: Luciano Claudino/Código 19/Estadão Conteúdo

A inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), teve índice negativo pela primeira vez depois de nove meses. O índice de junho foi de -0,08%, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira, 11. O resultado é o menor desde setembro de 2022, quando houve recuo de 0,29%. Quedas em preços de alimentos e bebidas (-0,66%), artigos de residência (-0,61%), transportes (-0,41%) e comunicação (-0,14%) puxaram a inflação para baixo, conforme o levantamento divulgado pelo IBGE. Os demais grupos tiveram preços em alta em junho, com destaque para a habitação (0,69%).

Considerando apenas meses de junho, o IPCA foi o mais baixo para o mês desde 2017, quando houve redução de 0,23%. A taxa acumulada pela inflação no ano de 2023 ficou em 2,87%, de acordo com o IBGE. No acumulado em 12 meses até junho, o IPCA caiu de 3,94%, em maio, para 3,16% no último mês. O resultado foi o mais baixo desde setembro de 2020, quando estava em 3,14%.

A meta do Banco Central para o IPCA neste ano é de 3,25%, com margem de tolerância até 4,75%. Os preços de Alimentação e bebidas caíram 0,66% em junho, após alta de 0,16% em maio. O grupo deu uma contribuição negativa de 0,14 ponto porcentual para o IPCA, que caiu 0,08% no mês. Entre os componentes do grupo, a alimentação no domicílio teve queda de 1,07% em junho, após ter ficado estável no mês anterior A alimentação fora do domicílio subiu 0,46%, ante alta de 0,58% em maio. Fonte: Estadão

Compartilhe: