--:--
--:--
  • cover
    Alberto Lopes

--:--
--:--
  • cover
    Alberto Lopes

Governo diz que trabalha para que uma em cada quatro escolas seja integral

Governo diz que trabalha para que uma em cada quatro escolas seja integral

oto: Ricardo Stuckert/PR

O Governo Federal tem como meta que uma em cada quatro escolas públicas sejam de tempo integral. Um tempo que simbolize não apenas permanência no ambiente escolar, mas acesso a oportunidades. Oportunidades de praticar esportes, de ter contato com a cultura, de ter acesso a serviços de saúde e de adquirir noções de cidadania. Sancionado na segunda-feira, o Programa Escola em Tempo Integral foi um dos temas do Conversa com o Presidente desta terça-feira, 1/8. No bate-papo com o jornalista Marcos Uchôa transmitido pela internet e veiculado também em rádio e TV, o presidente reforçou que serão investidos R$ 4 bilhões no programa. “Vamos tentar fazer com que 25% das escolas sejam de tempo integral. A criança não só vai aprender, mas vai praticar esporte, ter acesso à cultura. Precisamos criar condições para as crianças irem pra escola de forma prazeirosa”, argumentou Lula.

Coordenado pela Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), o programa prevê uma grande parceria com estados e municípios. Terá, em conjunto com o fomento financeiro, ações de assistência técnica às secretarias e comunidades escolares, com o objetivo de aprimorar o trabalho pedagógico em uma perspectiva integral. O programa pretende ampliar em 1 milhão o número de matrículas de tempo integral nas escolas de educação básica de todo o Brasil em 2023.

O investimento de R$ 4 bilhões vai permitir que as Unidades Federativas possam expandir a oferta de jornada em tempo integral. Depois, a meta é alcançar, até 2026, cerca de 3,2 milhões de matrículas. “Precisamos que as coisas aconteçam de acordo com a necessidade. A escola em tempo integral é uma realidade, pode ter certeza de que ela veio para ficar. Nós vamos fazer muitas escolas nesses próximos três anos, porque queremos que a escola seja um encontro com a felicidade para uma criança”, disse o presidente durante o programa.

Compartilhe: