--:--
--:--
  • cover
    Alberto Lopes

--:--
--:--
  • cover
    Alberto Lopes

Jequié é a cidade mais violenta do Brasil, aponta relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

Jequié é a cidade mais violenta do Brasil, aponta relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (20/07), o Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgou um dado alarmante: a cidade mais violenta do Brasil é Jequié, localizada no sudoeste da Bahia. O relatório considerou apenas municípios com mais de 100 mil habitantes, e Jequié lidera a lista com uma taxa de 88,8 em mortes violentas intencionais, que inclui homicídios dolosos, feminicídios, latrocínios, mortes decorrentes de lesões corporais e mortes envolvendo policiais.;Embora tenha registrado uma taxa de violência tão alta, Jequié não figura entre as dez maiores cidades da Bahia, segundo o Censo 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No entanto, a Bahia apresenta um cenário preocupante, com um total de doze cidades entre as mais violentas do país, liderando o ranking nesse aspecto.

Em resposta à divulgação do relatório, a Prefeitura de Jequié emitiu uma nota, informando que a cidade passou por um período de descaso e abandono das políticas públicas de desenvolvimento econômico e humano, que resultaram no atual quadro de violência. A administração municipal ressalta que, desde 2021, tem adotado estratégias de combate aos eixos de vulnerabilidade social e áreas com alta incidência de ocorrências violentas. Dentre essas ações, destacam-se programas de incentivo à mobilidade social, como cursos de profissionalização gratuitos, visando proporcionar melhores oportunidades à população. Além de Jequié, outras três cidades baianas apresentam taxas de violência superiores a 80: Santo Antônio de Jesus (88,3), Simões Filho (87,4) e Camaçari (82,1).

Compartilhe: