Foto: Ilustrativa

A saúde pública tem sido um tema bastante batido no município de Brumado, principalmente nas questões que envolve atendimentos ou superlotação. Segundo o secretário de saúde, Cláudio Feres, levantamentos apontam que o grande responsável pela superlotação dos hospitais sãos os acidentes de trânsito. Ele ainda esclareceu que mesmo com a realização da campanha Maio Amarelo, promovendo um trânsito mais seguro, os índices de acidentes registrados na microregião, foram significativos. “É um problema sério para a saúde pública a questão dos acidentes automobilísticos, principalmente envolvendo motos. Entre 30% e 40% das UTIs de todo país são ocupadas por pacientes vítimas de acidentes automobilísticos. É um problema difícil que acaba sobrando para a saúde”, declarou. Conforme o secretário, muitas vagas de atendimentos eletivos são retirados por conta das ocorrências emergenciais resultantes dos acidentes de trânsito, além de gerar altos custos “Não devemos somente cobrar o estado e o município, mas também o cidadão”, observa. Segundo Feres, esses pacientes graves requerem uma atenção especial que mobiliza diversos membros da equipe médica e superlotam as unidades de saúde. “Isso atrapalha muito o fluxo do atendimento eletivo”, explicou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Brumado: Corpo de vendedor de verduras e de caldo de cana é encontrado carbonizado na zona rural

Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste Na manhã desta quarta-feira (27), o…

Abertas as inscrições para o Processo Seletivo 2024 do Ifba em Brumado

Foto: Alberto Lopes Em Brumado, o Ifba abriu as inscrições para o…

Brumado: Jovem de 21 anos é morto a tiros na Comunidade Lagoa do Leite

Foto: Luciano Santos l 97NEWS Um jovem de 21 anos foi executado…

Brumado: Idoso desaparecido há duas semanas é encontrado morto no bairro Dr. Juracy

Foto: Luciano Santos l 97NEWS O idoso de 68 anos que estava…